Dicas práticas para armazenamento de alimentos!

(Escrito por Laura Mazetti de Azevedo)

Sem tempo, e quer uma alimentação saudável? Este post é para você.

A pandemia nos trouxe uma realidade diferente: enquanto alguns se jogaram em aplicativos de delivery de comida e industrializados, outros encontraram na cozinha um momento de lazer e paz, ressignificando a alimentação cotidiana e tornando-a mais saudável.

Porém, a volta do presencial também tem sido caótica para algumas pessoas; se antes você tinha tempo para preparar sua alimentação, hoje esse é o tempo que você precisa para chegar ao trabalho ou à escola. Nesse sentido, a Food To Save trouxe algumas dicas que podem economizar seu tempo no dia a dia e ajudar no desperdício de alimentos que nos preocupa tanto.

Organização é o ponto-chave: escolha um dia da semana em que você tem um tempo livre e faça uma lista de todos os alimentos que precisa comprar para a semana e vá ao mercado! Sugerimos o domingo. Na hora de escolher hortaliças e frutas, escolha as que estão em seu período de safra. Além de possuírem um melhor valor nutricional, o custo é mais baixo e o desperdício é menor, já que estarão em seu melhor estágio e qualidade. E como saber quais são as safras do mês? Na nossa conta do Instagram @foodtosavebr, postamos mensalmente essa informação.

É necessário limpar e higienizar as hortaliças e frutas antes de armazenar, principalmente as que serão consumidas cruas. De que forma? Primeiro enxágue os alimentos para retirar um pouco das sujidades. Depois, em uma bacia, coloque 1 colher de sopa de solução clorada para cada 1 litro de água (a solução tem que ser de 2% a 2,5% de cloro ativo; caso não seja, adequar as quantidades proporcionalmente), mergulhe as hortaliças e frutas nessa mistura e deixe de 15 a 20 minutos. Por fim, enxágue bem em água corrente, seque e, agora sim, é hora de armazenar.

Para o armazenamento, são recomendados sacos ou potes plásticos, mantidos em refrigeração. Nesse momento, algumas dicas são: coloque uma camada de papel toalha em potes e logo em seguida os alimentos folhosos (alface, rúcula e outros), e recubra com outra camada de papel toalha para que absorva a umidade e faça esses folhosos durarem mais tempo.

Prefira guardar as frutas separadamente em sacos ou potes. As frutas possuem tempos diferentes de maturação e emitem um gás chamado etileno que acelera esse processo, portanto, caso você guarde uma fruta madura com outra não madura, seu tempo de vida será menor.

Por fim, caso veja que alguma fruta carnosa (mamão, manga e banana, por exemplo) está bem madura, ou quase perdendo, congele-a em porções individuais e invista em smoothies ou preparações que precisam de uma consistência mais cremosa.

Agora, além de poder simplesmente pegar uma fruta e sair para seus compromissos, você economiza tempo na hora de fazer as preparações!